04 março 2013

A sua desculpa perfeita



Eu estava deitada em seu ombro
Perfeitamente contente
Até você me dizer tudo de novo...
Essa não é uma história triste que eu queira escrever
Mas assim como você nunca quis de verdade
Eu não preciso mais tentar te ganhar
Mas eu continuo aqui 
Deitada em seu peito
Me sentindo super protegida
Com um sorriso bobo e o coração acelerado
Até você me dizer tudo de novo...
Assim como ninguém retira os anjos do céu
Assim eu também não posso tê-lo sempre aqui.
Nada foi mentira
Sim, foi um jogo aberto
Mas que alguém tentou torná-lo duro e difícil
E que findou-se, verdadeiramente, por não acompanhar surpresa alguma.
Entenda, eu aprendi com um grande mestre a lidar com esses momentos.
Não pretendia prender-te como uma consequência sussurante ao pé do ouvido
Queria apenas te ganhar
E esta é exatamente a razão pela qual eu nunca vou me encaixar aqui
Eu não sou o bastante pra você
Porque essa é justamente a desculpa perfeita para o seu medo de amar.



Um comentário:

  1. Adorei! Algumas vezes precisamos que uma menina faça isso, só queira nos ganhar, e caia fora. Se não estamos conscientes, caímos com a cara no chão e crescemos uns 100 anos (isso se aprendermos a amar e sermos amados). Vocês, mulheres, são incríveis.

    ResponderExcluir