23 fevereiro 2011

Conversas da madrugada



A madrugada está viva.
Ela: -Amigo me receite um remédio para dor no coração.
Ele: -Sei sim, limão e álcool.
Ela: -Mais no outro dia meu coração ainda estará doendo, lembrarei de tudo.
Ele: -Pode estar doendo a cabeça, mais o coração não!
Ela: -Você tem que me passar um remédio para esquecimento então. Pra tomar e esquecer tudo aquilo que eu quiser esquecer. E nunca mais lembrar de nada.
Ele: -Mais ai é diferente, eu não faço milagres!
Ela: -Entenda que você precisa ser um médico reconhecido por todos, precisa fazer novas descobertas. Pessoas do mundo inteiro iam te homenagear, nome memorável.
Ele: -KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Ela: -KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Ela: -Só você mesmo pra me fazer rir com tanta besteira. Você sempre encontra a hora exata de aparecer e me fazer bem, só de estar conversando com você já melhorei, já me acalmei.


Ele gritou: prontoooooooooooooo descobrieeeeeeeeee!!!
O remédio é procurar um amigo bobo
e falar besteirasssssssssssssssss. . .  
Essa é a solução.
Publique logo... serei famoso!


(Se você está triste, magoada, chateada, pensativa, com problemas, procure um amigo bobo na madrugada e comece a falar besteiras, você esquece tudo rapidinho.Ame seus amigos, mesmo aqueles que estão longe, preserve-os, um dia eles precisarão de você também.Peça desculpas quando-os magoar, ter amigos é ter alegria. E você, Tiago, sempre estará no meu coração e meu carinho por você é do tamanho de uma baleia grávida de gêmeos.hahahahhaha -faz-me rir!!! =D)

Nenhum comentário:

Postar um comentário