03 junho 2011

Futuros Amantes


Sempre haverá um poeta, uma história e suas marionetes.

Futuros amantes 
Separados por um poeta
Saboreiam o desejo solitário 
De afago e delírio incansável.

Futuros amantes
Donos de um possível amor ardente
Amam-se sem saber.
Decifram o calor
Nos vestígios de um intenso prazer.

Futuros amantes
Beijam-se sem saber.
Marionetes imperfeitas na madrugada
Que se entrelaçam no meio da praia
Com beijos e carícias deturpadas.

Futuros amantes 
Esperançosos e melancólicos
Esperando o fim de suas histórias
De tensão, de tesão 
De louca paixão.

Um comentário:

  1. Querida, uma pergunta: conhece algum versículo que tenha os números 8 24? Sonhei com estes números, tento a muito tempo decifrá-los. Vi que colocas versículos, por curiosidade pergunto então.

    Um beijo!

    ResponderExcluir