21 abril 2012

O aromamor do café

Th_500_426_1293027466_5279166114_16accb5bed_z_large

Algo está fervilhando
Forte e demasiadamente agradável
Com aroma do Oeste
Que converge com o aroma daqui
Uma mistura caseira agridoce
Partes interminadas
Com pitadas de modernidade 
Para dar novo astral as coisas
Cenas que se interlaçam
Pessoas desconhecidas 
Que descobrem o inevitável
Encontram-se inesperadamente 
Em uma cafeteria
E o momento certo para amar.
Acontece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário