07 novembro 2011

Mentiras


Não destruirei minhas mãos e não acabarei com minhas forças para cavar buracos onde estão enterradas turbilhões de mentiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário