11 julho 2010

Foi ontem"

"Nada está mais próximo de nós 
do que o desconhecido, 
embora na nossa idéia 
ele só pertença às mais distantes fronteiras"
(Carlyle)
                       
Quase anoitecendo,
solidão 
se acomodou...
E esse hábito de ânsia
nas horas embriagadas,
com risos
e alegrias...

Passageiros embarcam
na memória úmida de ontem...

No farol...
o tempo girava
desembestado,
e eu gritando,tem destino certo
meu coração???

As luzes acenderiam, mais tarde...
e o  meu olhar
de vinte e poucos anos,
via de longe
via da janela
a paisagem verde,
nas verdes horas,
dos verdes dias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário