21 agosto 2010

As eternas coincidências"

Não sei se você já parou pra pensar nas inúmeras coincidências que ocorrem diariamente em nossas vidas. Coisas pequenas, detalhes infinitos que nos cercam. Vejamos:
Quando a gente vai colocar um chiclete debaixo da cadeira, sempre já encontra outro.

Quando conseguimos uma ligação de um telefone que estava ocupado durante um bom tempo, a pessoa procurada saiu naquele instante.


Quando esperamos um sinal verde fresquinho, verificamos que daria tempo para atravessar umas quatro vezes; quando não esperamos temos de cruzar a rua correndo.


Quando pensamos em pedir emprestada uma blusa, um brinco, ou um sapato da irmã, ou da prima, ela já tinha planejado em usar no mesmo dia.


Quando por algum motivo realmente aparente nos atrasamos para ir à escola, o professor sempre está lá no horário certo; quando chegamos no horário certo ou o professor se atrasa ou não vai.

Quando vamos a uma loja e perguntamos o preço de objetos, que aparentemente não é o que nos interessa realmente, o vendedor sempre diz um preço baixo; mas parece q eles são treinados pra isso, perceber o que realmente queremos e quando perguntamos o preço sempre é mais caro que as outras coisas.


E se fossemos pensar mais um pouco descobriríamos inúmeras outras coincidências que insistem em nos perseguir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário