10 abril 2011

Minha fraqueza


Eu sei que mais ou menos dia essa tristeza vai passar.
Eu vou voltar a sorrir até as bochechas doerem.
Eu sei que esse cansaço vai acabar,
que eu vou querer mais do que minhas pernas podem alcançar.
Mas agora deixa eu curtir esse baixo-astral, 
esse desânimo, 
essa coisa sem graça que foram os últimos dias 
e hoje, em especial. 
Hoje eu só quero ser fraca 
e poder demonstrar fraqueza pra quem quiser ver.
Virar até artista de circo por isso. 
Hoje, deixa quem quiser ver que eu choro sim. 
E que meu nariz e minha boca ficam vermelhos, 
enquanto os olhos inundam.
Hoje me deixe dormir soluçando, 
amanhã quem sabe até acordo cantando. 
Mas hoje, me deixa ser eu.


p.s.(partes de mim)

Nenhum comentário:

Postar um comentário