04 outubro 2011

Não há como me entender, entenda!




Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer… Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato. Ou toca, ou não toca." Clarice Lispector

p.s. Clarice ajuda!




Nenhum comentário:

Postar um comentário