09 outubro 2011

Tudo que sangra


Não, as coisas nem sempre são tão ruins quanto parecem.
Novamente vejo sangue em suas mãos
Quando irá parar de se machucar com os mesmos problemas?
Não tropece mais nos problemas da semana
Não se corte mais por causa deles.
Tudo vai ficar bem.
Olhe para a confusão sangrenta que criou
Depois olhe para seu coração
Ele sofre e sangra.
Não adianta encontrar um oceano ou um lago para se afogar
Não congele, não caia, não vá embora.
Minha pequena, não desista, expulse sua tristeza
Que eu limparei suas mãos.
Tudo vai ficar bem.



Nenhum comentário:

Postar um comentário