10 março 2011

Vento trás o mundo


Lá vem o vento correndo
Montado em seu unicórnio.
Nas asas do seu unicórnio 
Vem a tristeza do mundo
Vem a infelicidade de muitos homens
Vem a roupa molhada
De suor de muitos desesperados.
Vem também um grito de clamor, 
De socorro
Por dias melhores.


Lá vem o vento voando
Montado em seu unicórnio.
Nas asas do seu unicórnio 
Vem um mundo imundo e cruel
Que deixa Deus tão triste.
Vem um mundo morrendo
Vem um mundo se afogando em um tremendal de lama
Vem também o eco de gritos ardentes
De socorro
De misericórdia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário